17 de jun de 2013

#Síndrome

Marca a pele como brasa mas não se vê. Escancara os dentes num sorriso, numa alegria ilegível. Tremor e suor nas mãos são só efeitos colaterais dessa doença irreversível. Sentir aquela queimação nas maçãs do rosto também é quase essencial. Leigos dirão que você está louco, mas quem já passou por isso reconhece logo de cara. Muitos dedos irão apontar pra você e te julgar. Muitos aconselharão você a sair fora dessa. Mas a cegueira é forte, e só te dá vontade de mergulhar mais, mais fundo, de cabeça. Ao estar imerso, ali, você sente transbordar a felicidade de seu peito e não precisa dizer mais nada. Palavras, que antes julgavam-se necessárias são convertidas em silêncios, olhares trocados que dizem mais do que qualquer poema ou canção.


E quando se olhar no espelho na próxima vez e achar que está louco, só repita para você mesmo: é amor. É amor e eu não fugirei.