13 de mai de 2010

Caminho Ao Sol.

O sol só aparece para quem acredita. O sol somente brilha para quem realmente o vê. Embora algumas vezes você não possa enxergar nada além de um céu nublado, tente sempre acordar com um raio de sol, nem que ele seja ínfimo. Se o tempo fechar, peça para chover. A chuva lava e leva todas as lembranças ruins, todas as impurezas. Para que um dia o sol volte a brilhar, com toda a intensidade possível.

12 de mai de 2010

Fênix.

Me fogem as palavras. Eu só queria poder sorrir sinceramente e poder dizer que estou realmente feliz. Mas é impossível. E eu me sinto queimando por dentro, de verdade. Preciso fazer das cinzas asas. Preciso ser feliz. E algum dia, perceber que consegui contornar o erro.

11 de mai de 2010

Rimas Simples.

Não há razão para esquecer
Não há razão para lembrar
Porque olhar para você
Era como olhar pro mar...
Não, você não vai entender
No que eu quero não pensar
Mas eu sinto que nem você
Queria estar no meu lugar...
Não é que eu queira aparecer
Muito menos dramatizar
É porque quando eu amo
Eu realmente vou amar.
Foi dessa vez, só dessa vez
Que você conseguiu me enganar
Porque agora eu já sei
Que não devo em tudo acreditar.

10 de mai de 2010

Tenho todas as palavras...

02/01/09, 23:28

... mas não sei o que dizer. Meu coração se acelera, eu tremo, só de estar com você. Mesmo quando éramos apenas amigos, encontrar você era uma de minhas alegrias. Agora você é a minha alegria maior, o que me faz sorrir todo dia.
Sim, eu sei que isso é brega e sem sentido. Mas hoje eu não me imagino respirando sem estar contigo.

9 de mai de 2010

vírgulaejogodavelha (velhos tempos)

02/01/09, 18:25

Talvez nós nem sairemos vitoriosos
Desse nosso jogo, nossa batalha pelo amor.
Mas quem se importa?
Eu grito que te amo, você diz que me ama.
Precisamos de mais?
Pelo menos eu não.
Porque quando estou com você
Nada me importa, me sinto seguro, me sinto bem.
Obrigado por ser meu super heroi,
Obrigado por ser meu vilão.
Obrigado por ser meu vício,
Obrigado por tomar meu coração.

4 de mai de 2010

O homem sem alma.

Ele está sentado, com um caderno e um lápis na mão. Não quer ser superficial, não quer ser vazio. Mas como fazê-lo, se ele mesmo se sente assim?
Parece que todos os sentimentos humanos o fugiram, e ali, dentro dele, só reside a solidão.
Faltam-lhe as cores. Seus olhos negros e desfocados não encontram mais prazer nas coisas simples. Sua boca, desconexa, repete frases mecânicas em alto e bom som. Onde está sua vida? Onde está sua alma?
Perdido entre ruas e vagando sem destino, ele olha fixamente o eterno céu nublado. Faz força pra chorar, pra fazer o sol chegar, pra iluminar seu mundo e retomar as cores, mas nada acontece, pois lhe falta um ingrediente especial.
Falta-lhe amor.

3 de mai de 2010

Mais doce que chocolate.

Sentados na beira da rua, eu olho pra você. Tento esconder, me controlar, apenas sorrir quando olho em seus olhos. Quero desesperadamente segurar nas suas mãos, sentir você. Mas não quero lutar contra a corrente. Até porque não conseguiria vencer. Só de estar com você, qualquer domingo chuvoso não parece incômodo. Quem se preocupa com a chuva? Você está do meu lado sorrindo, sorriso que vale mais do que qualquer raio de sol. Para que chocolate? Você é a coisa mais doce que eu poderia ter. É só você dizer sim.

Para o Y.

2 de mai de 2010

Lua.

Com seu grande e único olho a me observar, ela ficava ali, calada.
"Como ela podia ser tão imparcial, sendo juíza de amores oerdidos e achados?", pensei.
E eu mesmo respondi:
"Não, ela não é tão imparcial assim. Ela brilha, ela se esconde, ela tenta expressar seus sentimentos..."
E a você, só resta traduzi-los.